Buscar

Trombose e sua relação com a saúde do coração

A trombose é uma patologia que atinge, geralmente, os membros inferiores do corpo.


Essa doença está relacionada à formação de um coágulo sanguíneo em uma ou mais veias. Esse coágulo pode causar o bloqueio do luxo de sangue e, assim, gerar dor e inchaço na região onde foi formado. Pode ocorrer, ainda, que o coágulo se desprenda e circule pelo sangue, causando uma embolia, que, por sua vez, pode atingir órgãos vitais, tais como coração, pulmões e cérebro, ocasionando graves lesões.


Tipos de trombose


. Trombose venosa profunda


Esta é a forma mais tradicional de trombose. Nela, um coágulo é formado em veias dos membros inferiores, principalmente nas pernas.


. Trombose arterial


A trombose arterial é caracterizada pela ocorrência de trombose venosa profunda e também pela formação de coágulos nas artérias.


Esses coágulos podem levar à obstrução total de artérias do cérebro, e, assim, levar ao Acidente Vascular Cerebral (AVC), que pode ser fatal.


. Trombose hemorroidária


Nesse tipo de trombose ocorre a formação de um nódulo com edema e de arroxeado na margem anal. Caracterizada por dor intensa.


Sintomas


Geralmente, os sintomas da trombose são silenciosos, ou seja, se manifestam quando a doença já se encontra em estado grave. Entretanto, alguns sinais podem se manifestar, tais como dor nas pernas e na região da panturrilha, podendo atingir o tornozelo e o pé.


Além disso, também pode ocorrer queimação. Esses sintomas podem indicar a presença de trombose, e, se você sentir algum deles, é essencial consultar um médico.


Fatores de risco


Entre os fatores de risco da trombose, estão:

. histórico familiar

. reposição hormonal

. obesidade

. tabagismo

. uso de anticoncepcionais

. infarto do miocárdio

. cirurgias

. gravidez e puerpério

. imobilidade ou paralisia.


Uma das principais causas da trombose também é ficar por um período de tempo com as pernas sem movimentação. Por isso, é necessário também ter atenção a esse fato.


Como prevenir?


Como vimos, a trombose tem direta relação com a saúde cardiovascular e do coração.


Por isso, as melhores maneiras de evitar a trombose também são benéficas ao coração, tais como:


- abandonar o cigarro, pois ele contém substâncias que lesionam artérias e veias;

- fazer atividades físicas e caminhadas regularmente, que contribuem, entre tantas outras coisas, para a melhora da circulação sanguínea;

- para quem tem varizes, uma boa ideia é usar meia elástica

- para quem trabalha muitas horas sentado, lembrar de levantar em períodos menores para andar, seja para ir ao banheiro, tomar água, respirar, etc.


Fontes:

CCR

Coração e Vida