Buscar
  • fabulare09

Por que abandonar o tabagismo? Entenda os benefícios


O dia 31 de maio é considerado o Dia Mundial sem Tabaco. Esse evento foi criado no ano de 1987 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para conscientizar as pessoas sobre as doenças causadas pelo tabaco e a importância da prevenção.

O Tabaco faz mal à saúde

O consumo do tabaco, através de qualquer meio, é o principal inimigo do pulmão, sendo responsável pela causa de até 90% de todos os casos. Além disso, a substância é prejudicial à saúde cardiovascular, causa dependência física, psicológica e comportamental, e também contribui para a causa de diversas doenças, como tuberculose, enfisema pulmonar, bronquite crônica, entre outras.

Por outro lado, os fumantes passivos, que são aquelas pessoas que não fazem uso do tabaco, mas são expostas à substância em curto período, estão sujeitos a adquirir tosse, conjuntivite, rinite exacerbação de asma. No caso de adultos expostos durante grandes períodos ao tabagismo como fumantes não passivos, podem contrair câncer de pulmão, infarto do miocárdio, entre outras patologias. Em relação às crianças, a exposição aumenta o risco de infecções respiratórias; bebês expostos ao tabaco ainda no útero podem sofrer com a redução do crescimento.

Dados mostram que o tabaco é responsável pela morte de mais de sete milhões de pessoas anualmente, sendo que, desse número, cerca de 900 mil são fumantes passivos.

Os benefícios de abandonar o tabagismo

Como já mencionado, quem fuma sofre de dependência química, e, ao tentar deixar o tabaco para trás, lida com desconfortos e confrontos emocionais e físicos, que deixam o ato de parar de fumar difícil. Quem deseja abandonar esse vício, deve começar escolhendo um dia específico para tal. Transforme essa data em uma ocasião importante e busque ocupar sua rotina com atividades e hobbies para se distrair e relaxar.

Com o tempo, você vai perceber que a abdicação do tabagismo faz bem à saúde e só traz benefícios à sua vida. Confira as melhorias de forma prática:

- Após 20 minutos, a pressão sanguínea e a pulsação voltam ao normal;

- Após 2 horas, não há mais nicotina circulando no sangue;

- Após 8 horas, o nível de oxigênio no sangue se normaliza;

- Após 12 a 24 horas, os pulmões já funcionam melhor;

- Após 2 dias, o olfato já percebe melhor os cheiros e o paladar já degusta melhor a comida;

- Após 3 semanas, a respiração se torna mais fácil e a circulação melhora;

- Após 1 ano, o risco de morte por infarto do miocárdio é reduzido à metade;

- Após 10 anos, o risco de sofrer infarto será igual ao das pessoas que nunca fumaram.

O início é sempre difícil, mas com persistência e muita luta, você terá sucesso e viver a vida com mais saúde!


22 visualizações