Buscar

Dicas de alimentação para um coração saudável


Falar sobre as Doenças Cardiovasculares tem sido cada vez uma preocupação dos cardiologistas de todo o mundo. Isso porque esses tipos de patologia são, atualmente, uma das maiores causas de morte mundialmente. Todo ano vemos campanhas e mobilizações alertando sobre o risco e a importância de cuidar da saúde do coração.

A alimentação, um hábito diário do ser humano, é também o pilar inicial de prevenção para a saúde não só do coração, mas de todas partes do corpo. A Dieta Cardioprotetora Brasileira (Dica BR), desenvolvida pelo Ministério da Saúde e pelo Hospital do Coração (HCOR), traz a proposta de apresentar uma dieta balanceada de forma interativa, contrastando as cores dos alimentos com as cores da bandeira do Brasil.

A Dica BR pode ser feita por qualquer pessoa, entretanto é indicada especialmente para aqueles que, possuindo fatores de risco para doenças cardiovasculares, como hipertensão, diabetes, obesidade, dislipidemias, não contraiam nenhum tipo dessas patologias.

Seguindo as cores da bandeira do Brasil, a Dieta funciona indicando quais alimentos e em que quantidade podem ser consumidos diariamente.

- alimentos do Grupo Verde podem ser consumidos em maior quantidade. Eles são:

• Legumes (cenoura, tomate, chuchu, maxixe, abóbora, beterraba, abobrinha, berinjela) • Leguminosas (feijão, soja, ervilha, lentilha) • Leite e iogurtes sem gordura (desnatados ou semidesnatados)

- já os alimentos do Grupo Amarelo podem ser ingeridos sempre com moderação. Neste grupo estão:

• Macarrão • Tubérculos cozidos (batata, mandioca, mandioquinha, inhame, cará) • Farinhas (mandioca, tapioca, milho, rosca) • Oleaginosas (castanha-do-Brasil/Pará, caju, nozes) • Óleos vegetais (soja, milho, azeite) • Mel, goiabada, doce de abóbora, cocada, geleia de frutas

- o Grupo Azul é composto por alimentos que devem ser consumidos em menor quantidade:

• Carnes (de boi, porco, frango e peixe) • Queijos brancos e amarelos • Ovos • Manteiga • Doces caseiros (pudim, bolos, tortas, mousses) • Leite condensado • Creme de leite

Temos, ainda, o Grupo Vermelho, uma cor que não está na bandeira e por isso são alimentos que devem ser terminantemente evitados.

• Linguiça e salsicha • Nuggets, hambúrguer congelado • Achocolatado em pó • Refeições congeladas industrializadas (ex: lasanha) • Molhos industrializados (ketchup e mostarda) • Sorvete (massa ou picolé) • Farinha láctea

• Macarrão instantâneo • Salgadinhos de pacote • Biscoitos e bolachas • Embutidos (presunto, mortadela, salame) • Sucos industrializados (em pó ou em caixinha) • Refrigerantes

Especialistas do hospital do Coração, um dos órgãos responsáveis pela criação da Dica BR, deram algumas orientações para pessoas que tenham fatores de riscos a doenças cardiovasculares. Confira:

- Para aqueles que possuem diabetes tipo 2, é essencial controlar a ingestão de açúcar. Dessa forma, diminuir ou evitar o consumo de alimentos doces, feitos principalmente com açúcar branco, é necessário;

- aos hipertensos, é indicado que moderem ao máximo a ingestão de sódio diário, medindo o uso de sal na preparação de alimentos ou no consumo de comidas processadas. Além disso, é recomendado que comam uma quantidade significativa de frutas, legumes e verduras, auxiliares no controle da pressão arterial;

- a quem possui colesterol alto, os dislipidêmicos, é aconselhado evitar a ingestão de gorduras trans e saturada.

- pessoas que estão com excesso de peso devem equilibrar de forma saudável a quantidade de calorias diárias e praticar exercícios regularmente.

Aconselhamos a todos que, se possuírem algum dos fatores de risco listados, procurem um nutricionista para manter uma dieta balanceada e saudável.

Se você sentir algum tipo de sintoma que indique doenças cardiovasculares, entre em contato com a Ergo e faça nossos exames. Nossa equipe é formada por profissionais de alta qualidade que vão ajudar a manter a saúde do seu coração sempre em alta!